Verdades sobre a criatividade


Esses dias estava pensando em um projeto de logo que precisava fazer. Não me vinha nada a mente. Aí, em um passe de mágica, encontrei um texto interessante nos meus feeds: as verdades sobre a criatividade. O texto é tão bom, que resolvi traduzir na íntegra para os leitores.

Criatividade não existe no vácuo

O problema da criatividade é que ela não pode existir sem uma base, ponto de início ou gatilho. Em outras palavras, você não vai poder criar uma solução ou um projeto se você não configurar os limites primeiro. Um bom briefing ou uma estratégia de criação é sempre necessária para começar a rolar a bola, deixando todo mundo com ânimo. Por isso acredito que nada é melhor do que a liberdade que vem com um bom briefing. O truque aqui é ter certeza que os parâmetros estão configurados para serem bem abrangentes a ponto de permitir um espaço maior para manobras.

Criatividade é gratuíta, o valor está no trabalho

Acredito que todo mundo é criativo a sua maneira. Dadas as condições e estímulos corretos, boas idéias podem surgir. Por isso que acredito que idéias são fáceis de serem tidas, já que qualquer um pode ter uma – muitas vezes sem esforço. O problema é converter de forma criativa uma idéia em realidade. Esta é a parte difícil. Tão difícil que paga se bem para fazer direito. O “esboço genial” é um mito urbano, os verdadeiros heróis são os designers nas trincheiras que se tocam disto e fazem acontecer.

Boa criatividade é compartilhada

Uma coisa boa sobre a criatividade é que uma idéia pode crescer e se tornar uma idéia mais poderosa se ela for compartilhada. Compartilhar suas idéias com outras pessoas realmente funciona. Sempre olho com tristeza para pessoas de mente fechada que se recusam a compartilhar com outros ou estudantes de design se fechando. Eles não sabem o que estão perdendo. Isto remete ao ponto anterior: idéias são baratas, a chave está na execução.

Criatividade pode ser adotada

Exerça a criatividade diáriamenteSe você quer ser melhor em ser criativo, você pode. Você só precisa do conhecimento e da prática. Quando você inicia no mundo do design, ter um bloqueio criativo é comum. As vezes, não importa o quanto você tente, você simplesmente não consegue acertar um design ou tirá-lo de sua cabeça para colocar no papel. Uma pequena parte disto é auto-confiança, mas tudo se resolve com prática. Quando você fica melhor no design ou quando você exerce sua criatividade de forma mais frequente, a própria criatividade parece fluir melhor. Entrar no estado mental da criação também ajuda manter você em forma. No final do dia, você precisa exercer sua criatividade direto e você nunca estará preso.

Criatividade não é design

Noto que algumas pessoas olham a um produto ou peça artística e dizem “até eu poderia fazer isto” sem notar o quão ingênuos estão sendo. Geralmente respondo com “e por que não fez?”. Tá aí, enquanto a criatividade é um pré-requisito para ser designer, ser criativo não é ser um bom designer. Existem vários elementos que precisam ser misturados para se tornar um bom designer. Alguns destes elementos são treinamento apropriado, saber contar histórias, relacionamento com outras pessoas, pensamento analítico, habilidade de sintetizar idéias, perseverança, etc. A lista continua e sei que você pode sugerir outras. Ser criativo é um bom começo, mas nunca ouvi de um designer famoso que fosse criativo e preguiçoso.

Fonte:design.blog

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Termos de uso

Queremos que todos usem livremente o conteúdo do Designsal. Por isso, todo o conteúdo aqui divulgado pode ser copiado, desde que: A autoria seja creditada como “Designsal” Haja um link clicável apontando para o original Não seja feito “hotlink” (linkar diretamente a imagem de nosso servidor) O material seja disponibilizado gratuitamente, sem fins comerciais ou sem obtenção de nenhum lucro. (Por falar nisso, me inspirei no Design Blog para escrever estes termos.) Obrigado! ...
PageRank
%d bloggers like this: